Ecopolos

 ATENÇÃO

Você já pode ser um Investidor da rede de Ecopolos Equilibrium I

Now you can invest in a Ecopole (Ecocity)

Veja aqui os detalhes (for details)

OS ECOPOLOS:

Ebenezer Howard?s Garden City

Sir Ebenezer Howard, ANTES DE JACQUE FRESCO (Projeto Venus), foi um pré-urbanista inglês; tornou-se conhecido por sua publicação Cidades-jardins de Amanhã, de 1898, na qual descreveu uma cidade utópica em que pessoas viviam harmonicamente juntas com a natureza.
Nascimento: 29 de janeiro de 1850, Londres, Reino Unido
Falecimento: 1 de maio de 1928, Welwyn Garden City, Reino Unido
Indicações: Nobel de Literatura

 

ECOPOLOS NÃO SÃO :

·         Vilas ou Comunidades Alternativas ;
·         Condomínios Edilícios ou Ecovilas de condôminos;
·         Ecovilas rurais ;
·         Comunidades rurais;
·         Refúgios apocalípticos;
·         Comunidades esotéricas, etc.;
·         Centros Religiosos, dogmáticos ou agrupamentos simpáticos a uma filosofia em específico, apesar de que as comunidades podem praticar ritos espiritualizados desde que não vinculados a qualquer religião.

Os cultos sectários e dogmáticos ou as pregações, verbalizações coletivas, cantorias e algazarras podem ser proíbidos no interiors dos ecopolos, assim como a construção de templos dedicados às respectivas religiões existentes.

São toleradas, à critério da comunidade, as cerimônias de união, passagem e celebrações desde que préviamente agendadadas e não causem constrangimento ou incômodo para os demais associados.

ECOPOLOS : São Espaços de Convivência Planejada, conjugados como  Polos de Tecnologia, Educação e Produção. São  autogeridos e integrados à uma Rede de Comunidades. Inspirados e orientados por valores construtivos humanos como; solidariedade, empatia, tolerância, verdade, compartilhamento, qualidade de vida, saúde, privacidade, família, dignidade, respeito, aprendizado, superação, liberdade, independência etc…

Ebenezer Howard?s Garden City

Observe-se nesta tradução feita por um Arquiteto Brasileiro, o esquema das cidades circulares, nas quais as fabricas ficam nas periferias da cidade. Nos centros, os serviços de interesse coletivo, áreas verdes, etc., facilitando o uso e maximizando a eficiência energética e conforto dos cidadãos.

Ecopolos são Comunidades Organizadas tecnicamente, têm forte orientação pela educação e ciência independentes, criativas e desvinculadas de interesses econômicos ou egocentrismos corporativos. Estimulam o compartilhamento de conhecimentos e  a formação de redes de aprendizagem. Os moradores na sua maioria trabalham nos empreendimentos locais, respeitam as individualidades e a privacidade reciprocamente.

ecocity1

Ecopolos são núcleos comunitários organizados. Podem chegam a ser Ecocidades, e deverão ser integrados com outras urbanizações por meio de transportes especiais.
O fato de serem comunidades menores, não significa que não sejam possam ser autossustentáveis economicamente.
Os projetos devem adaptar-se a topografia do terreno e integrar-se ecologicamente às áreas adjacentes.
Prefere-se ocupar espaços impactados pela agricultura ou pecuária intensiva, recompondo o solo e restabelecendo o equilíbrio ambiental.

Fazem uso da Economia Baseada em Recursos, Decisão democrática Científica. São  sustentáveis, ecologicamente integrados à natureza. Estruturados para assegurar eficiência energética conglobante, transportes coletivizados,

a.cpodcars1-e1277289094386

Unidades menores com autonomia, são mais eficientes no transporte do que grandes trens. Assim mesmo permitem maior distribuição de unidades na rede e maior número de destinos.

whitkey

Projeto desenvolvido por Robert Owen na Inglaterra em 1813. Uma experiência de sucesso. Um modelo comunitário cooperativo que eliminaria a pobreza e a dependência de programas assistencialistas do governo.

uso de uma rede comum de geração e distribuição de energia, comunicação e conhecimento. Manejo integrado de resíduos, compartilhamento de infraestrutura redundante, isonomia social de direitos e deveres.

Responsabilidade mutua entre todos os residentes pela manutenção física, organizacional, administrativa e financeira da unidade. Responsabilização coletiva pelos problemas e pelas soluções, pelas despesas e tarefas necessárias para viabilização da educação, segurança social, econômica, alimentar, habitacional e de subsistência em geral dos residentes.

 

 

Ecopolos e Redes de Isonomia e Economia Baseada em Recursos são instrumentos para realização de propostas visionárias como Projeto Venus, Movimento Zeitgeist. São propostas que se aproximam às cidades/comunidades:  Auroville (India) , Damanhur (Itália).

img_1

Uma arquitetura Interessante, potencializa visitação e incrementa a geração de renda. Nestes domos, ficam alojamentos e laboratórios.

CARACTERÍSTICAS:

* PROJETO PARADIGMA EQUILIBRIUM (aprovado no Regimento Interno, por AGO, registrada) DE EXPERIMENTAÇÃO DE NOVOS MODELOS SOCIOECONÔMICOS SEM FINS LUCRATIVOS  da ASSOCIAÇÃO ALIANÇA LUZ (OSCIP de caráter científico e educacional).

·         Todos or residentes estão integrados por meio de responsabilidades coletivas, direitos e deveres objetivos, transparentes e assertivos;
·         Ninguém é obrigado a viver nos Ecopolos, ou passar um mínimo de dias por ano em seu território, mas em tendo sido reservado imóvel para  sua residência, ainda que eventual, adjudicado ao interessado, para fins habitacionais ou outros, deverá contribuir com as despesas de manutenção do Ecopolo e o Fundo de Desenvolvimento do Projeto Equilibrium (Rede, Ecopolos e Ecocidades);
·         Respeito às individualidades, capacidades e potencialidades pessoais e individuais;
·         Programa de renda mínima obrigatório (todos tem o direito e o dever de atividade produtiva laboral;
·         Contribuição necessária de todos, seja em recursos, serviços ou despesas de manutençao do Ecopolo;
·         Respeito as regras, ordem interna, respeito, privacidade, tolerância e diversidades;
·         Inteligência coletiva;
·         Liberdade para escolha da profissão, para assunção individual de responsabilidades e compromissos, atividade de geração de renda, etc.;
·         Direito permanente de residência sem “estágio probatório”, sem “ritual” de entrada/passagem;
·         Obrigação de Cumprir o Regimento e o Regulamento Internos;
·         Dever de Participar da Rede de Aprendizagem e de Conhecimentos;
·         Acatar as decisões de ordem comunitária (sossego, segurança, salubridade, operacionalidade, etc.), respeitando os processos técnicos e não necessariamente o interesse da maioria.

Nossa abordagem para o desenvolvimento sustentável:

  • Planejar comunidades bem desenhadas e sustentáveis ​​para ambos os ambientes rurais e urbanos;
  • Fornecimento de materiais “amigos” do meio ambiente , com edifícios e estruturas de alta qualidade;
  • Usar o máximo possível de materiais de construção reciclados e de origem local , que reduzem o impacto ambiental e a pegada de carbono e outros gases de efeito estufa;
  • Conectar as comunidades e assegurar o bem-estar da rede – que abrange os aspectos naturais , sociais, culturais e econômicos da vida;
  • Proteger e regenerar sistemas ecológicos locais;
  • Manejo sustentável e inerte de descartes e esgotamento,
  • Auto sustentabilidade econômica
  • Redução de deslocamentos e transportes coletivizados

PERGUNTAS FREQUENTES.
1- Sou obrigado a trabalhar nos projetos de geração de renda do Ecopolo (filiar-me ao RESER), ou mesmo realizar tarefas de manutenção interna (limpeza, administração, ordem, etc.)?
R. Não, mas terá  que adimplir as despesas  decorrentes das atividades necessárias, além de contribuir para o FED (Fundo de desenvolvimento do Ecopolo/Rede) . Não exite cobrança de taxa de condomínio no Ecopolo.

São rateadas somente despesas operacionais e de consumo necessárias ou utilizadas por cada um dos cooperados. As edificações, reformas e demais despesas são feitas pela cooperativa por meio do FED.

A Assembleia geral dos cooperativados residentes trabalhadores não pode exigir rateio de despesas extras nas unidades.

Os moradores dos Ecopolos, salvo os que não são afiliados ao RESER, são organizados em arranjos produtivos coletivizados de geração de renda, visando aproveitamento dos recursos humanos e materiais para garantia de renda mínima familiar e desenvolvimento comunitário.

Cada Ecopolo deve manter um cadastro de suas demandas de serviços e produtos, assim como dos profissionais disponíveis. O equilíbrio funcional e econômico será efetuado pela oferta e demanda organizada e prevista .

Exemplo : Se você ensina música, e não preenche sua jornada mínima com esta atividade, porque não há demanda, deverá escolher outras atividades disponíveis no RESER, para atingir o mínimo de horas necessário para manutenção da sua subsistência própria e do Ecopolo.

Há um limite mínimo de horas laborais que asseguram o pagamento das suas despesas de energia, alimentação, vestimentas, manutenção habitacional, educacional, etc; Este pagamento se refere as despesas que o Ecopolo faz no “exterior”. Pense que seria como tudo aquilo que “importa” para dentro do Ecopolo. Ex.: Eletricidade, alimentos, materiais de construção, equipamentos manutenção. Assim mesmo, ninguém fica sem atividade laboral, sendo responsabilidade coletiva encontrar os meios e soluções para geração de renda.

É importante observar que  o modelo só funciona quando são atendidos os pré-requisitos para ingresso no Ecopolo. Assim, asseguramos a estabilidade econômica dos moradores.

Uma ocupação desordenada poderia levar a inviabilidade econômica do mesmo, colapsando seus recursos ou sobrecarregando os residentes aptos a gerar renda, além de replicar inutilmente o modelo socioeconômico atual, assim como a perda do sentido de realização do projeto.

2 – Posso passar o dia meditando, produzir minha própria comida e viver em paz?
R. Sim, porém terá de dispor de uma fonte de renda para adimplir suas despesas, FED (Fundo para desenvolvimento do Ecopolo e da Rede) e demais despesas que gerar (ainda que por meio de trabalho, aposentadoria, renda, pensão, etc.)

3- Posso isentar-me de pagar as Taxas de manutenção e o FED?
R. É possível, desde que suas horas trabalhadas em prol da comunidade sejam iguais as despesas e contribuições que lhe correspondem.

4 – O que é o Programa RESER?
R. O RESER é o Programa de Renda Solidária e Economia de Recursos dos Associados da AAL. Visa assegurar renda mínima e a atividade laboral permanente dos associados, a fim de colaboraram na subsistência e desenvolvimento da comunidade (alimentação, vestimenta, habitação, educação, impostos, etc). A Cooperativa Equilibrium é o principal elemento do programa, mas podem ser quaisquer EESs parceiros ou vinculados, ou ainda atividades internas de produção, manutenção etc.,  no próprio Ecopolo. O RESER organiza as forças produtivas e os recursos disponíveis.

5- E se eu não tiver dinheiro para pagar o FED e Taxas?
R. Há várias  possibilidades:
a)      Os Residentes Comodatários (ocupante a título gratuito) de módulo ou imóvel nos Ecopolos, afiliados ao programa RESER (Cooperativa Equilibrium, EES, etc.), quando não atingem a renda mínima ficam automaticamente isentos do pagamento de taxas de manutenção e FED, que neste caso, será adimplido por meio dos fundos de reserva ou por meio de remanejamento de cooperados.
b)      Os Residentes Comodatários de módulo ou imóvel nos Ecopolos, caso sejam profissionais autônomos ou fiquem desempregados, e não estejam afiliados ao programa RESER (Cooperativa Equilibrium, EES, serviços internos, etc.), poderão afiliar-se ao RESER e gozar das isenções previstas.
c)       Caso seja sócio proprietário e residente, e não esteja integrado ao RESER, poderá, filiar-se ao programa e isentar-se, alternativamente, poderá justificar os motivos da inadimplência e obter um prazo para o pagamento. Caso não possa adimplir após o prazo concedido, e se recuse a participar do RESER, será exigido o débito judicialmente.

6- Preciso comprar um título no Ecopolo para poder viver nele ?
R.. Não,  ao preencher os pré-requisitos seguintes, você poderá viver num Ecopolo.
a) Ter renda própria, ou ser afiliado ao RESER;
b) Existir Capacidade Sustentável Ociosa no Ecopolo que deseja ingressar e existir área destinada à efeito para construir sua casa/alojamento, ou ainda existir vaga nos imóveis institucionais do Ecopolo. (Tecnicamente sempre haverá áreas edificáveis num ou noutro Ecopolo, ou nas áreas previamente estabelecidas para cada tipo de construção)
c) Ser maior de 18 (dezoito) anos
d) Aprovar em avaliação teórica sobre o regimento interno, código de ética e conduta, e regulamento interno (com ou sem curso prévio) – Provas orais (analfabetos) e especiais para deficientes serão providas quando necessário.
e) Apresentar documentação exigida: (Filiação ao RESER, Comprovante de atividade Profissional/laboral, Autorização Especial(quando cabível), Atestado de Antecedentes Criminais, Termo de afiliação ao Projeto Equilibrium, Termo de Voluntário, 2 (duas) Referências PJ ou PF ou de um afiliado, Diretor Departamental ou do Conselho Diretor.

7 – Quanto tempo poderei viver num Ecopolo?
R. O comodato do imóvel é para toda vida. Você não terá um título de propriedade, como os cotistas investidores, mas se desejar investir nas edificações terá direito ao recebimento do valor por meio de títulos de crédito.

8 -Como são selecionadas as pessoas para residir num Ecopolo?
R. Os residentes se voluntariam para residir, preenchidos os pré-requisitos ( “a” e “b” da resposta 6, anterior), apresentam os documentos necessários, fazem uma avaliação sobre o regimento interno e regulamentos do Ecopolo, e uma vez aprovados e preenchendo as  condições são admitidos. Podem haver condições especiais quando o interessado utilizar alojamentos comunitários ou outros recursos, neste caso deverá devolver na forma de trabalho ou recursos, mutirões, etc., aquilo que ele tomar da comunidade, de forma isonômica.

9- Se eu não  for aprovado na prova, ou depois de aprovado eu for desligado do projeto Ecopolo por cometer falta grave o que acontecerá.

R. Poderá repetir a prova quantas vezes desejar (cada 30 dias – ou para analfabetos e deficientes visuais ou outras condições especiais no prazo viável)

Quanto ao desligamento involuntário há duas situações;

a) Se você for residente no Ecopolo, proprietário de título, será multado pelo valor previsto no Regulamento interno correspondente a Infração cometida e serão tomadas medidas judiciais cabíveis quanto ao ilícito civil. Deixará de gozar do direito de uso das instalações e serviços privados nas áreas produtivas e de lazer do Ecopolo pelo prazo previsto para a infração. Poderá no entanto utilizar áreas livres e transitar pelo Ecopolo, fazer compras, etc (seus direitos civis estão assegurados).

b) O comodatário que cometer falta grave e for desligado do Ecopolo, terá suspenso o contrato de comodato anual, e deverá deixar o imóvel no prazo de 30 dias da decisão que tornar definitiva a responsabilização pelos fatos. O prazo máximo de  reabilitação é de 5 anos (se o fato constituir crime, a reabilitação dar-se-á após 5 (cinco) anos do cumprimento da pena. O cônjuge não infrator poderá, se desejar, permanecer no imóvel com a prole, bastando vincular-se ao projeto (Termo de Afiliação).

10 – Como funciona a cooperativa habitacional nos Ecopolos

Você poderá financiar coletivamente a construção de casas no Ecopolo, com valores de preço de custo. Não há fins lucrativos. Se você não for o proprietário do título, poderá participar da construção nos setores residenciais dos terrenos  pertencentes a ONG (mesmo modelo adotado pela Auroville), assim, você terá direito a restituição do valor da construção (acessões) e benfeitorias que houver realizado na forma de um contrato de mútuo, sem juros, caso tenha que deixar o imóvel por qualquer motivo, poderá receber o dinheiro da AAL ou Cooperativa. se não houver possibilidade, poderá vender para terceiros o seu título, ou locar a unidade por intermédio da Cooperativa, etc.

Você terá pleno comodato por tempo indeterminado de ocupar o imóvel e terá direito hereditário sobre o título de crédito que for constituído por meio do contrato com a entidade.

Abaixo decisão do TJRJ  sobre o assunto demonstrando que seu direito está assegurado, especialmente pelo disposto no art.1.255 do Código Civil e a intermediação da Instituição com a qual realizará o contrato:

http://tj-rj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/22106206/apelacao-apl-25768920048190011-rj-0002576-8920048190011-tjrj

O Ecopolo compõe-se das seguintes forças:

1.       A Cooperativa transfere recursos para sua infraestrutura;
2.       Residentes contribuem com o Fundo de Desenvolvimento do Ecopolo;
3.       Voluntários praticam mutirões e workshops locais;
4.       Projetos e protótipos serão construídos em parcerias com empresas e universidades;
5.       Exposições e projetos culturais serão permanentes;
6.       Incubadora tecnológica de novos negócios será instalada e promoverá inovação técnica e oportunidades profissionais, de negócios privados,  e de EESs;
7.       Escola de Livre Progresso será Instalada, abrangerá todas as séries, compatível com a LDB da Educação(Registro MEC);
8.       Limite populacional adequado e harmonioso;
9.       Universidade Livre e centro de EaD
10.   Oscip buscará parcerias institucionais e junto ao poder público. Instalará infraestrutura relacionada a tecnologias, educação, laboratórios, incubadora, integrará a administração da rede de economia e recursos, cooperativas, etc.
11.   Centro de Serviços conterá: Padaria, mercado, banco de ferramentas, restaurante, bar, estúdio de musica e gravação, radio e tv local, centro de TI e provedor de internet, sala de projeção e eventos. Cozinha e restaurante, piscina e academia.

– Sugestões de infraestrutura complementar: Parque de Tecnologias Sustentáveis, áreas de bioarquitetura e experimentação em construção civil, mini-parque aquático termal, centro de saúde complementar, espaço de vivências, quadras de esporte, teatro e arena de eventos, lagos e praças temáticas, centro de exposições e eventos,  etc.

O Texto do Projeto Equilibrium e dos Ecopolos está aqui:

https://skydrive.live.com/redir?resid=C6983BC1331CD5FF!161&authkey=!AOCHv6a6GtG2Ev4

Um vídeo inspirador sobre AUROVILLE (India)  : http://vimeo.com/23776934

Documentário sobre DAMANHUR (Itália):  http://vimeo.com/search?from=everyone&field_title=1&field_description=1&field_tags=1&time=any&filter_plays=0&filter_likes=0&filter_comments=0&duration_min=00%3A00%3A00&duration_max=&quality[]=sd&quality[]=hd&cc=&q=damanhur

LINKS:

www.auroville.org

www.damanhur.org

http://www.designboom.com/architecture/eriksson-architects-mentougou-eco-valley/

http://www.earth-auroville.com/public_buildings_en.php

http://arkistudentscorner.blogspot.com.br/2011/10/for-all-things-earthy-auroville-earth.html

equilibriumEcopolos