Peixes


Diversas espécies de peixes de água doce podem ser criadas em sistemas de Aquaponia. Em geral, a decisão fica com o praticante, que ao optar por uma espécie, deve ter tratamento adequado à mesma.
Algumas pessoas desejam apenas cultivar suas plantas, estas optam por utilizar peixinhos dourados (goldfish) ou carpas, em pequenos aquários ou tanques, eis que seu interesse na espécie é contemplativo, não de consumo. Outros, optam pela introdução de espécies comercialmente exploradas, a fim de alimentação, como tilápias, pacus, lambaris.
É importante que o praticante faça a escolha mais assertiva para seu caso em especial, já que depois desta preferência, cuidados devem ser tomados. Como exemplo podemos citar peixes de regiões tropicais, como a Tilápia. Muitos praticantes começam seu sistema de Aquaponia com esta espécie, pois a mesma é apreciada para consumo e tem boa resposta aos tanques de criação, bem como boa resistência a doenças e etc. Entretanto, como espécie tropical, não se adapta a locais onde a temperatura da água permaneça abaixo da zona dos 20 graus com frequência.
Alterações na temperatura sim, porém baixas temperaturas constantemente prejudicam a espécie, caso ela seja proveniente de outro bioma. Neste caso, o praticante tem duas possibilidades, ou faz a substituição para uma espécie mais apropriada ao seu ambiente, ou investe em aquecedores, mantas térmicas e outras tecnologias que possam manter a água com a temperatura ideal. Caso contrário, corre o risco de baixar a imunidade de seus animais, causando-lhes doenças e a morte.
Atenção, cuidado e investimento são as chaves para um bom sistema de aquaponia, sempre em EQUILIBRIUM ! Para saber mais, fique antenado em nosso material digital, em breve no site.